quarta-feira, 26 de junho de 2013

ovo da serpente




no ornato no alpendre no beiral


estamos na casinha

na proporção

no silêncio

mas o rumor impera

o sangue cresce

a serpente nasce




Pedro Saborino

Nenhum comentário:

Postar um comentário