domingo, 10 de maio de 2009

Gil Teixeira Lopes



Gil Teixeira Lopes vai inaugurar em 19 de Maio , na Casa Fernando Pessoa, uma nova exposição - Heterónimos - Ícones Enigmáticos.
Tenho o privilégio de conhecer Mestre Teixeira Lopes há vários anos e tenho por ele e pela sua obra uma profunda admiração .
Com ele compartilho a origem transmontana - que de resto não renega, antes enaltece. À cidade de Mirandela e a Trás-os-Montes doou grande parte da sua obra . A sua transmontaneidade transparece na admirável coragem física e no seu humanismo generoso. Da sua riquíssima experiência humana ressaltam a consciência, a ética e a estética, como bem disse Baptista-Bastos. O "coração do mundo ", uma criação que enraiza em modelos de rigor e se desenvolve em projecções de inquieta e infinita procura.
Teixeira Lopes tem uma vastíssima obra como pintor, escultor, desenhador, gravador, seguramente uma das mais profundas e representativas das artes plásticas em Portugal . Universal porque profundamente humana , universal porque inovadora e interpelante, universal porque exigente , a sua produção artística de há muito que adquiriu reconhecimento internacional.
Obra empenhada e interveniente, de uma pulsão genial, genesíaca, por vezes contemplativa , por vezes de frenética construção, não nos deixa nunca indiferentes. Antes transpõe o conteúdo íntimo para o espaço exterior , nas formas e nas cores, desafiando uma leitura participativa numa descoberta pungente da nossa própria qualidade humana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário